RADIO POP-UP 580 X 400
RADIO
ceramica 3 irmãos 728 x 90
Prefeito agride

Prefeito é filmado agredindo servidor que cobra salário atrasado em Boa Hora

Boa Hora

05/02/2020 18h27
Por: REDAÇÃO
Fonte: Portal de olho

Carlos Coelho de Resende, agente de endemias efetivo –  “Você tem que pagar“, disse.

O servidor da prefeitura municipal de Boa Hora, distante à 145 km ao norte da capital Teresina, diz ter sido agredido pelo prefeito Francieudo do Nascimento Carvalho ao cobrar salário atrasado.

Em discussão, prefeito é filmado dizendo – ” Se eu pudesse (…) você passaria 5 meses eu devendo“, refugou.

_____________

Não é de hoje que os gestores do município de Boa Hora tem seus nomes inseridos em boletins de ocorrências na Delegacia Regional de Barras em situações envolvendo agressões a servidores que cobram salários atrasados.

Depois do caso da orelha mordida, que teve como protagonista o ex-prefeito Zé Resende, chegou a vez do atual gestor, Francieudo Carvalho, ser acusado de tentar agredir e quebrar o celular do funcionário público identificado como Carlos Coelho de Resende por reivindicar o pagamento salarial dos agentes de endemias. A discussão aconteceu no último dia 30 de janeiro na sala do Nasf dentro do prédio da prefeitura de Boa Hora e foi filmada pelo servidor.

Nas imagens gravadas, é possível perceber a chateação do prefeito Francieudo por uma cobrança feita pelo funcionário que expôs nas redes sociais o atraso no pagamento dos servidores – “Colocar nas redes. (…) tá conversando besta esse rapazinho. Você tem um problema? fale comigo. Quem é o prefeito aqui sou eu (…) Se eu pudesse (…) você passaria 5 meses eu devendo”, revelam trechos do bate boca.

Denuncia de Carlos Resende que chateou o prefeito Francieudo.

Indignado, o servidor questiona a postura do prefeito e diz que tudo ta sendo filmado – “Como é a historia? (…) quer dizer que nós que somos concursado, vai deixar 5 meses? (sic) Você esta sendo gravado“, falou o funcionário. Neste momento, as imagens mostram o prefeito partindo em direção ao servidor para impedir a gravação. A discussão fica mais intensa e tons de agressões  são registrados  – ” Calma você não vai quebrar meu celular (…) você não vai me surrar, vai? (…) rapaz, que é isso prefeito? você está é doido? O que estou lhe fazendo? você chega aqui agredindo a gente (…) aqui tem testemunha, você me agrediu (…) você queria me dá um tapa (…) eu vou dá queixa de você”, falava o servidor.

Publicidade

Em contraponto, o prefeito diz que não aceitava o desrespeito do servidor por gravar a discussão -” Eu quebro ele, eu quebro [celular]. Eu não quero aqui ninguém com gravação. Tô pedindo um pouco de respeito e que você não filme. Eu só to lhe pedindo que nós conversemos como cidadão. (…) tem que falar como homem, você ta sendo  um moleque”, desabafou o prefeito.

VÍDEO

 

 

O “De Olho” teve acesso ao boletim de ocorrência registrado no último dia 31 de janeiro contra o prefeito do município de Boa Hora na Delegacia Regional de Barras. O documento relata a denuncia do servidor que pede providências contra Francieudo Carvalho, o acusando de injúria e agressão.

Boletim de Ocorrência registrado em Barras

Outro lado

O “De Olho” conversou com a primeira dama do município de Boa Hora, Gefessony Prudêncio. Para a redação do site, ela revelou que o prefeito se manisfestará, por meio de nota, após ser dado publicidade aos fatos