RADIO POP-UP 580 X 400
ceramica 3 irmãos 728 x 90
RADIO
Classficado

River do Piauí elimina Bahia na copa do Brasil

Gol no final do jogo

06/02/2020 07h27
Por: REDAÇÃO
Fonte: Cidade verde

A torcida e jogadores do Esporte Clube Bahia não pronunciam, em hipótese alguma, o nome do rival. Até mesmo quando a equipe vence, a equipe fala sobre o "triunfo". Na noite desta quarta-feira (5), eles tiveram de engolir a vitória do River. 

Atual campeão piauiense o River Atlético Clube derrotou o Bahia por 1 a 0, no estádio Albertão, em Teresina (PI), e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O gol de Jean Natal, cobrando falta aos 42 minutos do segundo tempo, eliminou o Bahia na primeira fase do torneio. 

A torcida e jogadores do Esporte Clube Bahia não pronunciam, em hipótese alguma, o nome do rival. Até mesmo quando a equipe vence, a equipe fala sobre o "triunfo". Na noite desta quarta-feira (5), eles tiveram de engolir a vitória do River. 

Atual campeão piauiense o River Atlético Clube derrotou o Bahia por 1 a 0, no estádio Albertão, em Teresina (PI), e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O gol de Jean Natal, cobrando falta aos 42 minutos do segundo tempo, eliminou o Bahia na primeira fase do torneio. 

Chuva e tensão
River e Bahia fizeram um jogo duro no Albertão, com domínio do tricolor baiano no primeiro tempo. O time comandado por Roger Machado foi dono das poucas chances de gol na etapa - em uma delas, o goleiro Mondragon fez boa defesa ao espalmar a bola para a linha de fundo. 

 

A forte marcação riverina no meio do campo era superada pelo Bahia com jogadas rápidas pelo lado direito. O River tinha o mesmo setor de seu ataque como melhor alternativa, em jogadas de Érico Júnior - mas, antes do intervalo, a torcida da casa comemorou mias disputas de bola vencida do que chances reais de gol.

 

No segundo tempo, o técnico Marcelo Vilar, que fez sua estreia no River, trocou os laterais e colocou Romário no ataque, no lugar de Valdo Bacabal. O Galo começou a crescer no jogo, mas ainda esbarrava na defesa do Bahia. 

Nos lances de bola parada, o River arriscava cruzamentos para a grande área. A defesa do time visitante afastava o perigo sem muito susto. 

Se por cima não dava certo, por baixo, veio o gol. Jean Natal cobrou a falta do lado direito da grande área. A bola quicou antes de chegar ao goleiro Douglas, que não alcançou. 

A desvantagem no placar não deu outra alternativa ao Bahia. Com poucos minutos para evitar a eliminação, o tricolor baiano buscou o empate. No último lance, Rossi chutou forte e acertou o travessão do goleiro Mondragon. Segundos depois, a partida foi encerrada. Vitória do River.