PSIGRANJA 728 X 90
COVID 19

A cura do coronavírus: vacina pode estar pronta para distribuição em dezembro

Coronavírus

29/06/2020 22h43
Por: Ananias Araujo

 A vacina de Oxford, a mais avançada do mundo segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pode começar a ser distribuída para a população a partir de dezembro deste ano. Essa é a previsão da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que irá coordenar a produção no Brasil.
“A expectativa é que, até o fim do ano, os resultados positivos possam chegar, e a gente possa começar a pensar em registrar a vacina para produzir e entregar para a população”, disse o diretor da Fiocruz, Maurício Zuma, em entrevista a TV Globo.
A previsão é de um primeiro lote, com 15,2 milhões de doses, pronto dezembro de 2020 e outro lote, com as 15,2 milhões de doses restantes, para janeiro de 2021.
 Após essa produção, ainda seriam necessárias etapas de registro e validação, antes de uma possível distribuição, que irá priorizar profissionais da saúde e pessoas dos grupos de risco, como idosos e portadores de doenças crônicas, serão priorizados nessa primeira fase de imunização.
Ao término dos ensaios clínicos, se de fato, a vacina se mostrar eficiente e segura, começará uma segunda etapa, com a produção de mais 70 milhões de doses.