Terça, 24 de Novembro de 2020
86981209142
Cidades COVID-19

Governador anuncia Lei Seca durante os finais de semana no Piauí

Lei seca

19/10/2020 16h32
Por: REDAÇÃO
Governador anuncia Lei Seca durante os finais de semana no Piauí

 O governador Wellington Dias (PT) anunciou no início da tarde desta segunda-feira (19) que vai implantar a Lei Seca durante os finais de semana em função da pandemia do novo coronavírus, que nas últimas semanas tem registrado aumento no número de casos confirmados de covid-19 em todo o estado do Piauí.

 A medida foi apresentada durante a inauguração do Centro de Reabilitação – CER IV- na cidade de Parnaíba, em alusão ao Dia do Piauí, comemorado hoje.

 Aprovamos em uma reunião com o COE na última sexta-feira 19, a medida de prevenção “Lei Seca”, que é a proibição da venda de bebidas alcoólicas aos finais de semana em locais abertos. Ou seja, vamos usar a Polícia Militar Piauí a Civil e a Polícia Rodoviária Federal para que a gente tenha o cumprimento da regra, que impede na sexta, sábado e domingo o uso de bebidas. Além de coibir essas concentrações onde ocorre muita transmissibilidade”, informou o governador.

 Na semana passada, o governador Wellington Dias (PT-PI) reuniu o Comitê de Operações Emergenciais de Combate a Covid-19 (COE) para avaliar os dados e riscos da reabertura gradual de algumas atividades econômicas nesse momento, devido aos números negativos alcançados pelo Estado em decorrência da Covid-19.

 Os últimos dados epidemiológicos mostraram um aumento considerável na quantidade de casos positivos de covid-19, bem como o crescimento de óbitos causados pela doença. No encontro com o COE, que contou com a presença da Prefeitura de Teresina, foi analisada a taxa de transmissibilidade do vírus.

 Como vai funcionar a Lei Seca

 A venda de bebidas alcoólicas vai ser proibida em locais abertos, além de bares e casas de shows. A medida vai ficar em vigor pelos próximos dois finais de semana, onde a cada semana o resultado será avaliado, podendo repetir ou não.

 A fiscalização vai ser comandada pela Vigilância Sanitária, Polícia civil e Militar, Polícia Rodoviária Federal e Ministério público federal. Serão criadas barreiras com blitzes fixas ou volante e nas rodovias.

*Publicado originalmente no GP1

uça a RÁDIO CABECEIRAS EM FOCO:  http://radiocabeceirasemfoco.com/

Siga-nos nas redes sociais 

  Instagram: portal Cabeceiras em foco

  Nossa página no Facebbok:  Cabeceiras em foco

   Nossa página no Facebbok:  Radio cabeceiras em foco

 

Ele1 - Criar site de notícias