Segunda, 02 de Agosto de 2021 10:03
https://wa.me/message/7DC6FKFZPPB6D1
Cidades Cabeceiras

Prefeitura de Cabeceiras deixa de pagar auxílio emergencial cultural à vários Músicos do município

Artista alegam falta de apoio da prefeitura nesse período de Pandemia

02/07/2021 14h16 Atualizada há 1 mês
Por: Direto da redação Fonte: cabeceirasemfoco.com.br
Prefeitura de Cabeceiras deixa de pagar auxílio emergencial cultural à vários Músicos do município

 

A Prefeitura Municipal de Cabeceiras do Piauí por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizou  o cadastramento para músicos e pessoas da área da cultura, para que possam receber o auxilio emergência cultural Aldir Blanc, no período  de 06/07 a 17/07, o resultado foi divulgado neste dia 30/06.

Muitos músicos que foram afetados diretamente pela pandemia estão sem exercer sua função, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura  declarou que 08 músicos não estão habilitados  para receber o beneficio concedido pelo governo federal.

Segundo  informações de um musico de Cabeceiras, relatou para a nossa redação que, quando a Secretaria Municipal de Educação e Cultura começou a fazer às inscrições, foi repassada à informação que os artistas que receberam o auxílio emergencial não teria direito a receber o auxilio cultural, alguns músicos reclamaram para que a secretaria tivesse o bom senso e incluíssem todos eles.

 Alguns músicos que receberam o auxílio emergencial foram habilitados para receber o auxílio emergencial cultural e outros não foram.

Essa questão é dos motivos da indignação dos músicos, alegando haver irregularidades e falta de bom senso por parte da Secretaria de Municipal de  Educação e Cultura.

Principalmente os músicos das bandas mais tradicionais do nosso município de Cabeceiras não vão receber, sendo que desde de Março de 2020 estão parados sem exercer seu trabalho por causa da pandemia do novo coronavírus.

Continue lendo após a publicidade

Os músicos também alegam que a prefeitura de cabeceiras nesse período de pandemia nunca fez nenhuma live com os artistas da terra ( como  em datas tradicionais,  carnaval, festas junina,  para ajuda-los, como outras prefeituras de cidades vizinha promovem lives para ajudar e levar entretenimento para as pessoas que estão em suas residências.

Eram 35 vagas para os artistas individuais e só 22 artistas foram cadastrados e 08 não foram habilitados a receber o Auxílio cultural, esse dinheiro foi liberado pelo governo federal para ajudar essa classe que é a mais afetada pela pandemia.

Um total de R$ 38.894,67 Trinta e oito mil oitocentos e noventa e quatro reais e sessenta e sete Centavos.

Cada pessoa habilitada vai receber o valor de R$ 1.111,27

Em outros municípios esse beneficio foi pago pelas prefeituras no ano de 2020 e aqui em Cabeceiras estão pagando somente agora e segundo os músicos relatam, pagando  de forma irregular.

A Lei de Emergência Cultural recebeu o nome de Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compositor Aldir Blanc, que faleceu de Covid-19 em 4 de maio de 2020. Prevê o uso de 3 bilhões de reais para o auxílio de trabalhadores da cultura atingidos pela pandemia.

Publicidades

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias